PE valorizacao dos servidores

 

Dando continuidade ao processo de revisão do Planejamento Estratégico da Arsae-MG (2020-2024), foi definido o Portfólio Estratégico, ou seja, a carteira de iniciativas (programas, projetos e processos) considerados estratégicos para viabilizar o atingimento das metas previamente definidas, promovendo, assim, o alcance dos objetivos estratégicos.

Dessa forma, três Grupos de Trabalho foram criados para a elaboração e a implementação de planos que contemplem a missão, a visão e os valores (definidos na primeira etapa), bem como os objetivos, os indicadores e as metas estratégicos (definidos na segunda etapa) da revisão do planejamento estratégico. São eles, Plano de Desenvolvimento e Valorização dos Servidores, Metodologia de Incentivo à Inovação e Plano de Comunicação Institucional.

Mais uma vez, o processo para seleção contou com ampla participação dos servidores da Arsae-MG, que puderam contribuir com a prospecção de novas iniciativas e com o levantamento das já existentes e que se encaixariam nos critérios para integrar o portfólio.

Nesta terça-feira (15/09), foi publicada, no Jornal Minas Gerais, a Portaria Arsae-MG nº202/2020, que nomeia os servidores responsáveis pela elaboração e Implementação do Plano de Desenvolvimento e Valorização dos Servidores.

Para a gerente de Planejamento, Gestão e Finanças e coordenadora do grupo, Daniela de Paula, o plano de valorização dos servidores da Arsae-MG é um desafio que propõe a implementação de técnicas, que incluem capacitações, que vão ajudar a entender o que o servidor busca da instituição. “A satisfação dos servidores, por meio de diversas ações que serão apresentadas ao longo de 2021, é o nosso maior objetivo”, afirma.

Para a servidora Cecília Nogueira, o novo grupo de trabalho veio com o intuito de fortalecer dois pilares, que seriam a troca de conhecimento entre servidores da Arsae-MG e, também, a promoção de atividades com a participação de agentes externos. “Essas ações visam o desenvolvimento dos servidores e uma maior humanização do ambiente de trabalho, enobrecendo as atividades em prol da motivação e da importância de cada servidor dentro da Agência. Equipes motivadas alcançam melhores resultados, tanto na execução das tarefas quanto no convívio com os demais em seu ambiente de trabalho, acredita".

Elaboração e Implementação do Plano de Desenvolvimento e Valorização dos Servidores

Considerada a principal força da Arsae-MG – identificada pela análise SWOT - o corpo técnico da autarquia é reconhecido pela alta capacidade técnica e tido como o grande responsável pelo reconhecimento da Agência como instituição inovadora e referência nacional no âmbito da regulação. Dessa forma, concluiu-se que para a manutenção ou até mesmo a melhoria da qualidade do trabalho atualmente exercido, seriam necessárias, basicamente, a adoção de duas medidas:

1) evitar ou diminuir a evasão e rotatividade de servidores;

2) manter os servidores atualizados e com alto nível de capacitação nos temas afetos à atuação da Arsae-MG.


Objetivos

Captar atuais demandas/percepções dos servidores em relação ao trabalho (infraestrutura disponível, condições de trabalho, necessidade de capacitações, etc.) e a partir dos resultados planejar e implementar ações que auxiliem no atingimento das diretrizes previamente identificadas.

Vale ressaltar que os grupos terão autonomia para definição do escopo, prazos e etc.

 

Assessoria de Comunicação da Arsae-MG
ascom@arsae.mg.gov.br