fim consulta pública

Terminou no dia 16/03 o prazo da Consulta Pública nº 17, que visa receber contribuições para a contratação de uma empresa na área de engenharia ambiental a fim de oferecer apoio técnico à Fiscalização Operacional da Arsae-MG para o desenvolvimento de 70 Diagnósticos Técnicos nos Sistemas de Abastecimento de Água e de Esgotamento Sanitário de 35 municípios. Dentre outros, o serviço contratado vai envolver as atividades de identificação e descrição das unidades operacionais, controle dos padrões de qualidade e de atendimento aos usuários.

O Coordenador de Fiscalização Operacional da Arsae, Henrique Barcelos, explica que a necessidade de contratar uma empresa terceirizada para o levantamento de dados e elaboração de diagnósticos em campo surgiu como alternativa às dificuldades da Agência em ampliar sua abrangência, visto a extensão territorial das áreas que estão sob regulação e fiscalização da Arsae. ”A meta é permitir que a Agência consiga tomar as ações necessárias para a melhoria do saneamento em algumas localidades que ainda não foram acompanhadas de perto pela Agência.”, explica.

Agora a Coordenadoria de Fiscalização Operacional trabalha na edição da versão final do Termo de Referência para a realização da tomada de preços que será a base do processo licitatório. Todas as fases serão publicadas no site da Agência e compartilhadas via redes sociais.

Ação inédita do estado

Durante o período da Consulta Pública foi realizada uma transmissão ao vivo pelas redes sociais da Arsae-MG, que contou com a participação das empresas interessadas, em uma ação inédita no estado.

Além da reunião, a Agência recebeu contribuições via e-mail de outras empresas que não puderam comparecer. Contribuições essas que serão utilizadas pela Arsae para subsidiar o edital de licitação, que está previsto para ser publicado em abril.

 

Assessoria de Comunicação da Arsae-MG
ascom@arsae.mg.gov.br