Claret e Edison

O diretor-geral da Arsae-MG, Antônio Claret, participou do seminário “Regulação Ambiental e Saneamento Básico em Comunidades Isoladas – Brasil e Japão” quando foi discutido as melhores práticas de regulação e provimento do saneamento básico para as áreas rurais, isoladas e irregulares do Brasil.

O evento, organizado pelo Instituto Trata Brasil com apoio da Agência de Cooperação Internacional do Japão(JICA), ocorreu na quarta-feira (4/3) em Brasília e contou com a participação do Dr. Yuji Hirose, representante do Ministério do Meio Ambiente do Japão.

Em seu discurso de abertura, o presidente do Trata Brasil, Édison Carlos, afirmou que “cerca de 35 milhões de brasileiros não tem acesso à água potável o que equivale à população do Canadá. Sendo que as populações mais atingidas estão na periferia das cidades, no semiárido brasileiro e na Amazônia. Ter representantes do Japão neste evento é uma honra, pois o país é modelo internacional no tema saneamento básico”.

Participaram do evento representantes dos Ministérios do Meio Ambiente e do Desenvolvimento Regional, da Agência Nacional de Águas, da Funasa e da Embrapa Instrumentação.

 

Assessoria de Comunicação da Arsae-MG
(31) 3915-8130
Enviar para impressão